EB1/JI nº2 de Gueifães

Breve História

Gueifães tem escola primária desde 1894. Nessa altura poucas terras tinham escola. Um senhor desta freguesia, Joaquim Carlos da Silva, que esteve vários anos no Brasil, resolveu oferecer um edifício para a primeira escola na freguesia.

O rei D. Carlos e a rainha D. Amélia vieram inaugurar a escola. No livro de honra da escola está um elogio feito pelo rei D. Carlos a Joaquim Carlos da Silva pelo seu ato benemérito. Está também a assinatura da rainha D. Amélia e de muitas outras pessoas que estiveram presentes na inauguração da escola.

A escola teve o nome de Príncipe da Beira que, então, era D. Filipe, o filho do rei D. Carlos. A primeira professora foi D. Maria Ferreira da Cruz que dá hoje o nome a uma rua de Gueifães. Mais tarde foram construídas mais duas escolas.

Iniciou a sua atividade no ano de 1980 em instalações cedidas pela paróquia de Gueifães, tendo depois mudado para um edifício pré- fabricado.

Hoje, a Escola do 1º ciclo é portanto composta por dois edifícios, um do plano centenário e o outro feito no fim da década de 90. Deste estabelecimento de educação/ensino faz também parte o Jardim de Infância de Gueifães que ocupa um novo edifício construído para o efeito em 2001.